Instrumentos Musicais Indianos

Share

Olá. Antes de inciar esse post engana-se quem pensa que na Índia só ouve-se músicas devocionais com mantras no rádio. Principalmente entre os jovens ouve-se muito Hindi Pop, que são as músicas relacionadas principalmente a algum filme. Mas mesmo nessas músicas encontramos alguns sons estranhos que entram em nossos ouvidos, então selecionei alguns instrumentos musicais indianos para dividir com vocês aqui. Vamos lá.

Cítara
A musicista Anoushka Shankar e sua Cítara

A Cítara, citara, ou sitar  éum instrumento indiano de cordas que vibra e se relaciona com o Chakra Sahasrara. Esse Chakra é o localizado na cabeça, representado pela cor rosa e por um desenho que seria de um lótus de mil pétalas. Acredita-se que o nome também tenha derivado da Grécia Antiga. Aproveite e dê uma conferida em como funciona o instrumento no vídeo abaixo.

Dholak
Dholak

O dholak é um tambor de mão de duas cabeças do sul da Ásia. Ele pode ter laço de corda de algodão tradicional, tensão de parafusar ou ambos combinados: no primeiro caso, anéis de aço são usados ​​para ajuste ou as cavilhas são torcidas dentro dos laços. O dholak é um instrumento nem popular desde músicas devocionais a danças pop. O tambor é diferenciado pelo tamanho, estando sempre a parte com o tambor menor na parte de baixo dele. Geralmente você toca o Dholak enquanto está em pé, pendurado no ombro ou na cintura ou pressionado com um joelho enquanto se está sentado no chão. Abaixo temos um vídeo de uma música pop, possivelmente de filme, sendo remixada para uma batida mais atraente com o uso de um Dholak.

Sarod
Um Sarod

O sarod é um instrumento musical parente da Cítara. É um dos instrumentos mais populares e proeminentes na música clássica indiana. O sarod é conhecido por um som profundo, pesado e introspectivo (contrastante com a doce e extremamente rica textura da cítara). Como seu braço não possui trastes, isso torna o instrumento muito fácil de fazer notas glissadas (aquelas onde se escorrega o dedo pela corda) ou para micro tons. Abaixo um pequeno exemplo do Sarod.

Tampura

Outro instrumento de cordas sem trastes no braço. Ele é feita com madeira tratada e cabaça seca e oca, por ser um instrumento com o som contínuo, profundo e ressoante ele constitui-se como uma base perfeita para a voz humana. A Tampura tem 4 cordas.

Mridangam
Rohan Krishnamurthy, considerad um prodígio no mridangam.

O Mridangam é muito parecido com o Dholak, na real, o Dholak é muito parecido com esse pois ele é mais antigo. O Dholak é comum no norte, enquanto o Mridangam é muito mais comum no sul, em culturas como a Tamil. Em termos de técnica, a perícia necessária para tocar o Mridangam é muito maior. O instrumento diferencia-se primeiramente pelo tamanho, por ser mais comprido e em segundo lugar pelas notas que são possíveis de alcançar com ele, obviamente devido ao tamanho muito maior desse instrumento. Além, o instrumento consta com um anel de couro que modifica o som quando rebatido com a ponta dos dedos ou palma aberta. Veja o vídeo do mestre ensinando um pouco a diferenças do instrumento (em inglês).

Gostou? Tem muito mais, mas esses são os principais que encontrei nas músicas que acompanho. Qualquer crítica ou sugestão, deixe seu comentário abaixo. Obrigado!

Share